Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

EKONOMIX CLOTHING - USA

Nova marca dos camaradas Jason e Stuart.
Ekon. quicklinks:
ekon@myspace
ekon website

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Além das fronteiras do Fórum Social Mundial



Matéria e fotos por Marcela Mattos - e-mail: marcelamattos@gmail.com

A idéia era gravar um CD com bases e chamar alguns vocalistas pra cantar em cima. Nada muito pretensioso! Nesse contexto aparece Simba Amlak. De passagem por Belém, por conta do Fórum Social Mundial 2009, Simba fez contato com o pessoal do Studio 3, a fim de gravar alguma coisa durante sua estadia na cidade.


A idéia despretensiosa cresceu! O encontro entre vários vocalistas aconteceu naturalmente, e o projeto de produzirem algum material juntos foi conseqüência de todo o contexto que se respira durante o período do Fórum.


Sem entrar no mérito do Fórum em si enquanto espaço político deliberativo, a Mixtape que essa galera produziu é um exemplo singelo de experiências que podem surgir a partir de um evento como o Fórum Social Mundial.


A cultura hip hop sempre teve força nas gravações de Mixtapes. Ultimamente, com as novas tecnologias facilitando o acesso a produção e mixagem de sons, elas têm sido ainda mais freqüentes, inclusive dentro de outros estilos musicais. Basta uma olhada rápida na Wikipédia, por exemplo, pra conhecer um pouco mais sobre o tema.


Para a Mixtape produzida durante o período do FSM, em Belém, foi decidido como tema central o “paraíso”. A idéia era que os cantores envolvidos escrevessem uma letra falando da sua visão do que seria o paraíso.


No total, foram seis vocalistas envolvidos no projeto: Simba Amlak, da Guiana (Inglesa), Bruno B.O., de Belém, Rick D., conexão São Carlos-Belém, Camafeu Tava e Macone Tafari, de Salvador, e o pequeno Lucas Kinte, de apenas 8 anos de idade, também de Salvador. Além deles, participaram também Tadeu Kahwage, Patrick de Figueiredo Biá Viana e Rafael Santos, que ficaram responsáveis pela mixagem e produção do som.


“Unir os irmãos pra realizar um trabalho coletivo”, esse é o objetivo do projeto nas palavras de Simba. O ambiente que possibilitou essa experiência foi um pequeno estúdio de ensaio e gravação no centro de Belém – o Studio 3 –, onde também funciona a loja de roupas Jah People, que serve de ponto de encontro para os amantes do reggae.


Para Patrick, proprietário do Studio 3 ao lado de Rafael, o mais importante no projeto é o intercâmbio cultural, que vai além das fronteiras do Fórum Social Mundial. “A importância do FSM está no que cada um leva pra si de tudo o que participou, sejam debates, palestras ou contato com as pessoas. Pois os governos não vão dar nenhuma resposta imediata mesmo”, declara ele, explicando que as reais respostas são as experiências que surgem dessas trocas culturais entre gente de lugares tão diversos.


Essa não é a primeira Mixtape de que Simba participa. Em 2008, junto com Sista

Marisa, Sista Dan, Lei di Dai, Jeru Banto, Victor Bhing I e Dacal, ele gravou a Mixtape volume I, que seguia mais ou menos os mesmos preceitos desse segundo projeto. Para conhecer as duas músicas, basta acessar o Ragga Productions


A trajetória de Simba na música reggae é não só extensa como bastante rica. Nascido na Guiana, Simba teve nos tios os primeiros “professores” de música. Mas ele conta que toda a família e a comunidade, inseridos na cultura rastafari, sempre tiveram a música muito presente nas reuniões. No entanto, inicialmente Simba só tocava instrumentos orgânicos, como tambores e flautas. Foi só aqui no Brasil, onde já está vivendo há 9 anos, que o músico passou a se dedicar a instrumentos elétricos.


Sua vinda ao Brasil se deu devido ao Congo Naia, uma fundação cultural da Guiana que reunia música, cultura, oficinas, danças, confecção de instrumentos, cultura afro, artesanato, etc. O grupo, formado por 12 pessoas, percorreu o país de Manaus a Porto Alegre fazendo inúmeras apresentações.


Hoje Simba continua na vida de viajante, mas em vez do grupo, quem o acompanha é a namorada Ricarda, que também chegou a integrar o Congo Naia durante a turnê. O casal já completou 9 anos de múltiplas viagens e projetos musicais. Depois de Belém, sua próxima parada seria em Santarém, de onde seguiriam para o Suriname e depois para Guiana.



Lançamento do CD do Sombra "Sem Sombra de Dúvida"
Local: Sarajevo - R. Augusta, 1397 - São Paulo/SP
Quanto:
Elas - 50 primeiras VIP (após só Deus sabe, pois não está no flyer!)
Eles - R$ 10,00 - c/ flyer R$ 5,00

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

NOVO CD DO JIMMY LUV "PURO FYA"


Aqui está o link para download do terceiro álbum de Jimmy Luv, "PURO FYA".
Esse link traz o álbum "promo"; daqui há alguns meses chegará nas lojas e nas ruas o cd "físico".
O álbum "Puro Fya" tem vários hits já conhecidos pela galera e participações especiais dos cantores Ms. Ivy, Dada Yute, Arcanjo Ras e Alexandre Cruz...

Jimmy Luv - download "Puro Fya" promo

artista: Jimmy Luv
album: Puro Fya (*promo)
ano: 2009

01 - Intro Nyah (0:51)
02 - Queima Jah A Babylon (3:09)
03 - É Sincero (3:14)
04 - Somos Vários Irmãos (3:41)
05 - Todo Meu Amor (part. Ms. Ivy) (3:48)
06 - Interlude_01 (0:51)
07 - Puro Fya (3:47)
08 - É Só Caô (3:37)
09 - Vem Menina (3:40)
10 - Sempre Alerta (part. Dada Yute) (3:17)
11 - Fogo Com O Rudeboy (2:38)
12 - Pow Pow Pow! (3:34)
13 - Interlude_02 (0:15)
14 - Graças & Louvores (3:20)
15 - Não Faz Assim (part. Arcanjo Ras) (4:21)
16 - Fortalecer (3:04)
17 - Eu & Você (2:57)
18 - Interlude_03 (0:33)
19 - Pensa Em Mim (part. Alexandre Cruz) (4:08)
20 - Não Dê Ouvidos (4:08)

Todas as faixas foram gravadas e mixadas por Galo Rex no "Sala do Rex" home-studio em São Paulo, entre 2007-2008.

------------------------------


Repassem aos amigos que curtem o som, ajudando assim na divulgação da cena nacional...

Interessados em agendar o show de lançamento em suas cidades/festas entrem em contato, como segue:

contatos:
msn - mc_jimmy@hotmail.com
email - rasjimmy@gmail.com


www.tacafogo.com
www.myspace.com/jimmyluv7


------------------------------

RELEASE:

Foi em 1997 no álbum "Bailão Classe A" da banda carioca The Funk Fuckers que Jimmy Luv
Durante esse perído Jimmy produziu muita gente e lançou vários cds. Fez o cd do Enganjaduz, do grupo 7.Velas.Crew, vários da Família 7 Velas, além de 2 cds solo oficiais: "Reggae Seu Coração" (2005) e "Taca Mais Fogo!" (2007). Também fez parte do cd "Tempo Vai Dizer" do projeto Echo Sound System e saiu em várias coletâneas como "Yo MTV Raps", "Espaço Rap", "Circuito Reggae", "Ragga Brazil", "Uptown Skank" e "Digitaldubs - Brasil Riddims 1". Jimmy Luv ainda produziu a primeira coletânea de um riddim de dancehall nacional, o "Meia-Noite Riddim".
Entre 2005-2007 fez várias apresentações indo do sul ao nordeste do Brasil e também em Buenos Aires/Argentina (abril/2007) cantando em soundsystems, com outros parceiros ou com bandas de apoio. Em São Paulo fez shows em todo tipo de palco: Credicard Hall, Fnac, Outs, StudioSP, Kazebre, Galeria Olido, Rinha dos MCs, Sarajevo, Expresso Brasil, Espaço das Américas, Aramaçan, Hole Club, Toy Lounge, Status Show, RoseBomBom, Tom Maior, entre outros... Também se apresentou em alguns programas na MTV e no programa Showlivre. Como reconhecimento de sua trajetória dentro da cena ragga, em dezembro de 2007 recebeu no Espaço das Américas o Prêmio "Destaque Circuito Reggae 2007" como Artista Solo.
Em 2008 Jimmy seguiu gravando novas músicas e se apresentando no RJ, Curitiba, Ribeirão Preto, Guarulhos, além de diversas apresentações em SP capital. Fora do país teve a honra de ser convidado para ser o representante brasileiro no 1FLED (1° Festival Latino-Americano Estilo Deejay) que aconteceu em julho em Buenos Aires (Argentina). No final do ano fez a primeira mixtape de ragga nacional "Dancehall Brasil", mostrando como a cena vem crescendo em todo o país.
Jimmy também promove desde 2007 sua festa "Ragga!", que vem ajudando a expandir cada vez mais a cena dancehall em São Paulo.
Seu próximo passo é começar a distribuir algumas músicas pelo meio digital e lançar o terceiro álbum de sua carreira, intitulado "Puro Fya".
Começou a aparecer no cenário underground. Dois anos depois saiu da banda e foi cada vez mais se desenvolvendo como produtor e cantor de ragga, sendo pioneiro em divulgar o estilo no Brasil. Primeiro com o grupo Enganjaduz, depois atuando como a principal figura dentro da Família 7 Velas, onde atuou ao lado de vários cantores de 2002 até o começo de 2008.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

DJ DUBSTRONG


Aqui vai uma recomendação nota 1000!!! Eu já ouvi (e ouço) muita coisa por aí e como não poderia deixar de acontecer, sempre tive minha vida trilhada pelo som de vários DJ’s. Ok, aqui vai a dica do DJ cujos trabalhos (com certeza) mais tocaram no meu CD e mp3 players: DJ DUBSTRONG. Há vários anos atrás conheci o trabalho deste versátil DJ numa noitada do rap e a partir de então comecei a acompanhar seus trabalhos. Suas mixtapes são simplesmente brilhantes e não importa que estilo seja... rap, dancehall, dub, ragga, new age, rock... o cara é muito versátil. E tudo com muito bom gosto e produção em alto nível. Dentre os trabalhos do Dubstrong, destaco a série de mixtapes denominadas “Uptown Skank” que já chegou ao volume 3 e também o grupo chamado Echo Sound System. Esse “lado” do nosso grande Pedrinho é o que ele mais aprecia: dancehall / ragga. Ouvimos em suas mixtapes desde clássicos como The Maytals até as últimas produções de peso de astros como Elephant Man, Sizzla ou Damian Marley e ainda faixas exclusivas com artistas do cenário nacional como Jimmy Luv, Arcanjo, Dada Yute, entre outros.

Ficou curioso?! Não vê a hora de ouvir isso tudo? Então segue os links para pesquisar, se informar das apresentações dele e ainda baixar os discos:


Dubstrong@myspace

Dubstrong@blogspot

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

ORIGINAL!!! Compareçam!

ALMANAQUE BRASILEIRO DE TATUAGEM 2009

Salve, salve!!! Pra quem gosta de tattoos e arte, poderá também verificar um pouco de música. Saiu o ALMANAQUE BRASILEIRO DE TATUAGEM 2009 apresentando os trabalhos de diversos artistas, mas também contando com matérias sobre a webradio de rap Boomshot, o pessoal do Digitaldubs e seu trabalho (entre eles o riddim chamado Funk Milk Riddim, misturando o funk carioca com o dancehall do riddim jamaicano chamado Hot Milk), o grupo de rap paulistano Projeto Manada, uma matéria sobre Freestyle (rimas não decoradas em cima de beats aleatórios), além de uma entrevista com o MC Kamau e nosso camarada e tatuador Markone. Eu comprei e recomendo.

Editora Escala

Preço: R$ 19,90

Contatos citados:

Radio Boomshot

Digitaldubs

Projeto Manada

Kamau

Markone

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

DAY ONE - O COMEÇO



Bom, bom... vamos começar isto aqui com o pé direito! Yogiman's Roots Corner nada mais é do que um blog direcionado à divulgação de boa música de uma maneira geral, MAS com preferência para o Dancehall e Rap. Ok, vez ou outra terão alguma coisa sobre punk, metal, jazz, e outros estilos mais que eu gosto..

Ok, suponhamos que você seja um completo leigo e pergunte-se: "o que seria Dancehall?!" O Dancehall é um ritmo nascido na Jamaica, derivado do reggae, tendo como característica básica ser um som mais moderno e dançante que o próprio reggae. Popularizou-se por toda a ilha e rompeu as fronteiras geográficas, tendo adeptos (lê-se fãs, ouvintes) e músicos (produtores, cantores, etc.) em todo o mundo. Diretamente ligado ao Dancehall temos o Ragga (abreviação da palavra Raggamuffin') que é um estilo de vocal mais pesado e por muitos considerado ter semelhança às rimas do rap. Não só esta semelhança, mas também chamado de 'digital reggae' por ser atualmente criado à partir de computadores, sintetizadores, e toda espécie de aparato digital, muitas vezes dispensando o uso de instrumentos.

Por aqui podemos contar com vários artistas do cenário Dancehall / Ragga: Família 7 Velas (Jimmy Luv, Alexandre Cruz, Arcanjo, Ivy), Buyaka San, Pump Killa, Sambatuh, Dada Yute, Leidi Dai, entre outros.

Já o Rap é um estilo mais difundido comercialmente e deve dispensar maiores esclarecimentos... nascido na década de 80, foi massificamente divulgado por MC´s, DJ´s, b-boys & b-girls e grafiteiros, todos estes, inseparáveis
elementos do que chamados de Hip Hop. Muitas rádios FM que você sintoniza atualmente, com certeza terá em sua programação alguns raps (mesmo que não seja lá estas coisas em termos de qualidade).

Aqui podemos destacar alguns MC´s ou grupos de rap como Artficio, Contrafluxo, Subsolo, Inumanos, Dr. Caligari, Kamau, Elo da Corrente, Projeto Manada, Rua de Baixo, Mensagem Periférica, etc.

Pra começar presenteio vocês com o download de dois discos muito bons destes dois estilos:

Ragga / Dancehall
"the official best of Bennie Man by Dexterity"

Rap
Blackmilk mixtape by DJ Tamenpi

Espero que se interessem, baixem os arquivos e comentem!!! Vejo vocês em breve!